Capa

Após problemas no classificatório, Felipe Fraga garante: "vou lutar pelo título até a bandeirada"

Piloto tocantinense largará na nona fila após ter ficado no grupo mais lento no Q1 por conta da pista molhada; Cacá Bueno é destaque com quarto lugar no grid e Lucas Foresti abre a quarta fila

08.12.2018  |  858 visualizações

O treino classificatório da Stock Car teve a condição climática como grande personagem neste sábado em Interlagos. Integrante do primeiro grupo que foi à pista, Felipe Fraga pegou o traçado mais úmido em relação ao grupo 2 e ficou de fora da segunda fase do classificatório por menos de 0s1. Com isso, o vice-líder da temporada e postulante ao título largará na nona fila, na 18ª posição do grid.

“Eu fiz o meu melhor na pista. Não podemos abaixar a cabeça e temos que trabalhar. A final é só amanhã, vou lutar até a bandeirada. Tivemos dificuldades com o carro no traçado úmido, mas a diferença para o Daniel foi de dois décimos, é pouca coisa. Estou um pouco triste, claro, mas o resultado que é mais importante é o de amanhã", diz Fraga, que é o mais jovem campeão da Stock Car (aos 21 anos, com o campeonato de 2016).

Único adversário de Fraga na disputa pelo bicampeonato, Daniel Serra largará da terceira posição. Mesmo assim, Fraga confia em um ótima corrida de recuperação para este domingo. "Todas as oportunidades que eu tive até aqui eu agarrei e cheguei aqui em segundo no campeonato. É uma corrida rápida, de 40 minutos, e será preciso acelerar do começo ao fim. Será difícil conquistar o título, mas com certeza eu vou batalhar para isso", conclui Fraga, que tem 276 pontos, 24 a menos que Serra.

A corrida neste domingo terá pontuação dobrada, portanto a vitória valerá 60 pontos no campeonato. Com boas chances de buscar o triunfo, Cacá Bueno conseguiu o quarto lugar no grid após também ter sofrido no Q1. O pentacampeão mostrou poder de reação no Q2 e no Q3, ficando em quarto lugar em ambas as partes do treino.

“O carro com bastante água na pista era muito bom, entre os melhores do grid. Eu dei uma volta a menos que todos no Q1 e estive sempre entre os primeiros, a dois décimos só da ponta, mesmo dando uma volta a menos. É um dia triste para a equipe porque queríamos ver o Fraga largando na frente, mas amanhã com certeza será melhor para o time. Ontem eu achei que nem passaria para o Q2 e amanhã vou largar em quarto. Não podemos deixar de sonhar", diz Cacá.

Lucas Foresti também foi um destaque positivo da Cimed Racing no classificatório. O piloto brasiliense ficou a apenas uma posição do Q3 e abrirá a quarta fila neste domingo.

"O carro estava muito bom no classificatório, faltou um pequeno ajuste na barra estabilizadora para ficarmos entre os seis. Eu fui mexer na barra no final e o pneu já tinha acabado. Estamos com um acerto muito bom aqui com a Cimed Racing e vamos reverter esse jogo para o Fraga ser campeão amanhã. Para a minha corrida, eu espero que chova para caramba, o suficiente para corrermos de jet ski", diz Foresti, sétimo no grid.

Campeão da Stock Car em 2015, Marcos Gomes enfrentou o mesmo problema que Fraga no Q1, ficando fora do Q2 por apenas 0s005. "Acredito que tenha faltado uma pista mais seca para termos passado para o Q2. Espero fazer uma boa corrida de recuperação amanhã e temos potencial para brigarmos entre os líderes", diz Gomes, que largará na oitava fila.

A final da Stock Car será neste domingo às 11h da manhã e terá transmissão ao vivo da TV Globo e do Sportv 2.

Grid de largada para Hero Super Final*:
Tempos do Q3

1. 10 Ricardo Zonta (Shell V-Power) - 1:37.314
2. 4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) - 1:37.319
3. 29 Daniel Serra (Eurofarma RC) - 1:37.398
4. 0 Cacá Bueno (Cimed Chevrolet Racing        1:38.338
5. 90 Ricardo Maurício (Full Time Sports) - 1:39.534
6. 83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) - sem tempo no Q3
Fora no Q2
7. 12 Lucas Foresti (Cimed Chevrolet Racing Team) - 1:42.303
8. 44 Bruno Baptista (Hero Motorsport) - 1:42.426
9. 1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) - 1:42.551
10. 70 Diego Nunes (Full Time Bassani) - 1:42.588
11. 544 Gaetano di Mauro (Hero Motorsport II) - 1:42.644
12. 3 Bia Figueiredo (Ipiranga Racing) - 1:42.948
13. 20 Ricardo Sperafico (Bardahl Hot Car) - 1:43.166
14. 9 Guga Lima (Vogel Motorsport) - 1:43.407
15. 110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Contuflex) - 1:43.415
Fora no Q1
16. 80 Marcos Gomes (Cimed Chevrolet Racing Team) - 1:43.315
17. 11 Lucas Di Grassi (Hero Motorsport) - 1:43.375
18. 88 Felipe Fraga (Cimed Chevrolet Racing) - 1:43.400
19. 77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) - 1:43.419
20. 46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team) - 1:43.461
21. 18 Allam Khodair (Blau Motorsport) - 1:43.485
22. 51 Átila Abreu (Shell V-Power) - 1:43.553
23. 111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) - 1:43.788
24. 30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) - 1:43.859
25. 21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) - 1:43.983
26. 28 Galid Osman (Cavaleiro Sports) - 1:44.139
27. 33 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani) - 1:44.143
28. 8 Rafael Suzuki (Bardahl Hot Car) - 1:44.174
29. 5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports) - 1:44.19
30. 31 Willian Starostik (KTF Sports) - 1:44.276
31. 65 Max Wilson (Eurofarma RC) - 1:44.356
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

 

  • Felipe Fraga
    (Bruno Terena/RF1)

  • Cacá Bueno
    (Bruno Terena/RF1)

  • Lucas Foresti
    (Bruno Terena/RF1)

  • Marcos Gomes
    (Bruno Terena/RF1)

  • Denis Navarro
    (Bruno Terena/RF1)

  • Felipe Fraga
    (Bruno Terena/RF1)

  • Cacá Bueno
    (Bruno Terena/RF1)

  • Lucas Foresti
    (Bruno Terena/RF1)

  • Marcos Gomes
    (Bruno Terena/RF1)

  • Denis Navarro
    (Bruno Terena/RF1)

Leia também...

Entre em contato