Capa

Felipe Fraga cumpre promessa, luta até o final e é vice-campeão da Stock Car em corrida eletrizante

Piloto tocantinense terminou a corrida final em Interlagos no top-5 após largar da 18ª posição; equipe Cimed Racing conquista o vice-campeonato completando 4 anos seguidos com entre as duas melhores da Stock

09.12.2018  |  963 visualizações

A decisão da Stock Car entre Felipe Fraga e Daniel Serra teve um final emocionante no Autódromo de Interlagos neste domingo. O título ficou com Serra, quarto colocado e logo à frente de Fraga, que fez uma grande corrida de recuperação após largar da 18ª posição. Com o quinto lugar na corrida de hoje, Fraga fechou o ano com 310 pontos, ajudando a Cimed Chevrolet Racing a ficar com o vice-campeonato também por equipes. Pelo quarto ano seguido, o time ficou entre os dois melhores da Stock, com 2 títulos conquistados e 2 vices.

“Mesmo tendo ficado sem o título, eu sou hoje um Felipe melhor do que o de 2016 e melhor ainda que o de 2017. Foi um campeonato muito bom e estou feliz porque, como piloto, a minha performance melhorou a cada ano. É uma pena, faltou pouco para ser campeão, mas o Daniel está de parabéns, o título está em boas mãos e agradeço todos da Cimed Racing pelo trabalho neste ano", diz Fraga, que em 2016 se tornou o campeão mais jovem da história da Stock Car, com 21 anos.

Em 2018, o piloto do Tocantins conquistou 3 vitórias, 7 pódios e 2 poles. O piloto ainda foi responsável por grandes exibições nas pistas, como a melhor ultrapassagem da temporada, feita por fora em Campo Grande em cima de Serra.

"Nós vamos seguir trabalhando muito no ano que vem. Seguirei com a Cimed Racing, que é a equipe perfeita. Esse ano muita coisa saiu do nosso controle e isso nos tirou de estar em uma disputa mais mano a mano. Temos que dar o mérito para o Daniel e para a equipe dele. Acertaremos os erros e os detalhes para vir com tudo de novo em 2019", completa Fraga.

Campeão da Stock em 2015, Marcos Gomes também fez uma boa recuperação na prova após largar em 16º e terminar na sétima posição, a mesma colocação em que fechou sua participação no campeonato. O piloto de Ribeirão Preto ainda cravou a volta mais rápida da prova neste domingo.

“Eu estava muito rápido sempre durante o ano, com uma velocidade incrível, mas foi uma temporada complicada. Tivemos algumas dificuldades e muita coisa deu errado durante as provas. Faltou realmente muita sorte, mas estou feliz com meu desempenho e o do carro. Hoje nós cravamos a melhor volta da prova e que isso nos sirva de incentivo para um 2019 melhor”, diz Gomes.

Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno largou em quarto e logo tomou a terceira posição ainda na largada, porém sofreu um toque e teve a parte traseira esquerda do seu carro danificada. Com isso, as boas chances de pódio acabaram para o piloto da Cimed Racing ainda na parte inicial da corrida.

Após conquistar o sétimo lugar no grid do classificatório, Lucas Foresti fechou sua última corrida pela Cimed Racing no top-15. “Foi uma temporada de bastante aprendizado. Nós quase conseguimos um pódio no Velopark, lideramos a Corrida do Milhão, mas a temporada não foi o que a gente queria por causa de alguns resultados. Sobre a corrida, nós largamos em uma boa posição, o carro na pista molhada é sempre muito rápido e foi assim ontem. Hoje, no seco, o carro estava um pouco traseiro e mais difícil de guiar. Terminamos em 15º e conquistamos mais alguns pontos", diz Foresti.

Quem também chegou na zona de pontuação neste domingo foi Denis Navarro, que terminou a prova em 19º lugar. Os primeiros 20 da prova pontuaram na corrida final, que teve pontuação dobrada. "Agradeço a todos da Cimed e da Cavaleiro Sports pela temporada. A equipe vem crescendo a cada etapa e agora é pensar na temporada 2019", completa Denis.

Chefe de equipe da Cimed Racing, William Lube agradeceu ao time pela luta pelo título até a volta final. "Resolvemos fazer o nosso trabalho e chegar, no mínimo, em sétimo lugar e, se fosse para ser nosso, seria. A briga foi boa e ano que vem a gente volta. Em quatro anos, ganhamos dois títulos fomos vice duas vezes. A Cimed tem o melhor patrocinador da categoria, temos os melhores pilotos, nossa equipe tem o melhor profissional em casa área e por isso acreditamos que é a melhor de todas. Então, é nossa obrigação chegar disputando sempre. 2018 foi um ano com momentos lindos e e outros difíceis, mas vamos forte para em 2019 chegar na última corrida disputando título de novo”

A Stock Car volta às pistas para a temporada 2019 em abril.

Resultado final em Interlagos (top-10):

1- Ricardo Zonta

2- Julio Campos

3- Gabriel Casagrande

4- Daniel Serra

5- Felipe Fraga

6- Rubens Barrichello

7- Marcos Gomes 

8- Antonio Pizzonia

9- Átila Abreu

10- Gaetano Di Mauro

Campeonato de pilotos (top-10):

1- Daniel Serra - 338 pontos

2- Felipe Fraga - 310

3- Julio Campos - 252

4- Rubens Barrichello - 242

5- Max Wilson - 210

6- Átila Abreu - 208

7- Marcos Gomes - 202

8- Ricardo Zonta - 184

9- Cacá Bueno - 172

10- Gabriel Casagrande - 155

  • Felipe Fraga
    (Bruno Terena/RF1)

  • Felipe Fraga e Marcos Gomes
    (Bruno Terena/RF1)

  • Cacá Bueno
    (Bruno Terena/RF1)

  • Marcos Gomes
    (Bruno Terena/RF1)

  • Lucas Foresti
    (Bruno Terena/RF1)

  • Denis Navarro
    (Bruno Terena/RF1)

  • Felipe Fraga
    (Bruno Terena/RF1)

  • Marcos Gomes
    (Bruno Terena/RF1)

  • Cacá Bueno
    (Bruno Terena/RF1)

  • Lucas Foresti
    (Bruno Terena/RF1)

  • Denis Navarro
    (Bruno Terena/RF1)

Leia também...

Entre em contato