Capa

Cimed Racing

Felipe Fraga disputa título da Stock Car na final em Interlagos com a Cimed Racing

Sexto colocado no campeonato e com chances matemáticas, Fraga precisa vencer e contar com resultados ruins dos líderes da tabela para conseguir seu segundo título na Stock Car neste domingo

09.12.2019  |  826 visualizações

Embalado por um forte segundo semestre na Stock Car, Felipe Fraga é um dos seis pilotos com chances matemáticas de título na grande final da categoria, que acontecerá neste domingo em Interlagos. O piloto da Cimed Racing precisará vencer a corrida e contar com resultados adversos dos competidores que estão à sua frente na classificação do campeonato.

“Nós sabemos que o título é muito difícil, mas prometo lutar até o final da última volta em Interlagos para fazer o meu melhor. Chegamos aqui com chances e isso mostra o quanto nós evoluímos ao longo dessa temporada, então quero fechar o ano com vitória aqui em Interlagos. Meu principal objetivo é sempre correr para vencer”, diz Fraga, que triunfou neste ano no Velopark e em Cascavel.

Fraga acumula 279 pontos na tabela e está 55 pontos atrás do líder Daniel Serra. Como a etapa deste domingo será com corrida única e pontuação dobrada, o tocantinense precisaria de uma vitória e que Serra chegasse no máximo em 19º lugar, além de uma combinação envolvendo os outros quatro pilotos que estão à sua frente na tabela (Ricardo Maurício, Thiago Camilo, Rubens Barrichello e Julio Campos).

Pentacampeão da Stock Car, Cacá Bueno pretende fechar o final da temporada com pódio em Interlagos. O piloto da Cimed Racing acredita que o formato diferente do treino classificatório nesta etapa poderá embaralhar bastante a disputa pelas primeiras posições no grid e também na corrida.

“É um final de semana em que os primeiros colocados na tabela estarão muito focados na batalha pelo título e que os outros pilotos não têm nada a perder. Teremos um classificatório parecido com aquele da Corrida do Milhão, em que os pilotos somente vão poder abastecer antes do classificatório e depois no meio da corrida. Quem avançar ao Q3 e Q4 deve levar desvantagem em relação ao sétimo do grid, por exemplo, que precisará colocar menos combustível que os seis primeiros do grid. Será um jogo de estratégias e vamos trabalhar pelo melhor resultado para fechar bem o ano”, diz Cacá.

Mais jovem piloto a competir na história da Stock Car, Marcel Coletta encerra neste domingo sua primeira temporada na principal categoria do automobilismo brasileiro. O piloto de 18 anos buscará mais um top-10 neste ano com a Cimed Racing.

“Nós estamos melhorando em cada corrida que temos disputado. Entramos no Q2 nas últimas duas etapas (Cascavel e Goiânia) e nosso objetivo é estar entre os 10 primeiros na classificação e também na corrida em Interlagos. Como não teremos corrida 2, nós não precisaremos poupar o carro e vamos com tudo para essa prova final da temporada”, diz Marcel, que ainda é o mais jovem piloto a pontuar nesses 40 anos da Stock Car.

Os treinos da Stock Car em SP começam na manhã desta sexta-feira. A classificação será no sábado às 13h30, com exibição ao vivo no GloboEsporte.com. A corrida única está prevista para o domingo às 10h10, com transmissão ao vivo da TV Globo.

PILOTOS COM CHANCES DE TÍTULO EM 2019 NA STOCK CAR:

1- Daniel Serra, 334 pontos

2- Ricardo Maurício, 316 pontos

3- Thiago Camilo, 305 pontos

4- Rubens Barrichello, 283 pontos

5- Julio Campos, 282 pontos

6- Felipe Fraga, 279 pontos

Leia também...
27.07.2020

Piloto brasileiro foi destaque com a equipe AKKA ASP Team desde os primeiros treinos e comemorou o terceiro lugar conquistado na Itália; próximo desafio de Fraga será no WEC em Spa-Francorchamps

23.07.2020

Campeão da Stock Car em 2016, Fraga disputa atualmente o campeonato mundial de GT e acredita em bons resultados nos torneios de endurance; prova do GT World Challenge em Ímola será neste domingo

19.02.2020

Piloto tocantinense mostrou-se empolgado com o novo desafio pela AKKA ASP Team; neste final de semana, Fraga correrá nas 6 Horas de COTA em etapa válida pelo WEC (World Endurance Championship)

31.01.2020

Equipe do tocantinense chegou a cruzar a linha de chegada em segundo, mas sofreu uma punição após último pit stop; saldo da estreia é positivo para Fraga, que nunca havia pilotado no circuito de Mount Panorama e andou sempre entre os primeiros