Capa

Rally Spinelli

Guiga Spinelli e Youssef Haddad disputam Rally Dakar 2021 com a equipe X-raid

Atual pentacampeão do Sertões destacou necessidade de mudança de time em última hora por conta de desafios logísticos para Dakar, que será realizado entre os dias 3 e 15 de janeiro de 2021 na Arábia Saudita

20.11.2020  |  486 visualizações

O Brasil terá novidades no Dakar 2021: o piloto Guiga Spinelli e o navegador Youssef Haddad anunciaram hoje que estarão competindo na categoria carros com a tradicional equipe X-raid, que acumula cinco títulos na maior prova off road do mundo e diversos títulos mundiais. A prova será realizada na Arábia Saudita entre os dias 3 e 15 de janeiro de 2021 e será a nona participação de Guiga no rally mais importante do planeta, competindo com o modelo Mini All4 Racing.

“Depois do Sertões entendemos que precisaríamos algumas mudanças na Triton que demandava fornecedores de diferentes países e que não tivemos tempo hábil para receber as peças, montar e testar o carro já que a saída do barco para Arábia Saudita é no próximo dia 2 no Sul da França. O carro já mostrou ter enorme potencial desde 2019, mas, com todas limitações desse ano, o programa ideal de corridas e testes que tínhamos montado foi adiado para o ano que vem”, explicou Guiga, que tinha programado anteriormente competir com a Mitsubishi L200 Triton Sport Racing da South Racing.

“Com isso, avaliamos outros carros e equipes e decidimos seguir com a X-raid, equipe consagrada que já venceu o Dakar e tem um índice de término na prova de mais de 90%. Além disso, já conhecemos bem o time pois corremos em 2017 o Baja Portalegre e o Sertões com eles, vencendo seis dos oito dias do rally e ficando em segundo lugar na etapa do Mundial em Portugal. Estamos muito satisfeitos com esta solução e certos de que teremos uma ótima estrutura para enfrentar o Dakar 2021 e representar da melhor forma possível o Brasil e nossos patrocinadores”, diz Guiga, que é patrocinado por BR Distribuidora com a marca Lubrax, iCarros, XP Investimentos, Fairfax Seguradora, Protune, W. Truffi Blindados e Dacar Motorsports.

Youssef também destacou o lado técnico da nova equipe e estrutura na busca por um resultado histórico do Brasil no Dakar. “Mesmo não estando com a última geração dos protótipos 4x4 da X-raid, tenho certeza que a confiabilidade e bom ritmo do modelo All4 Racing será muito importante pra gente na busca por um bom resultado, até porque no Dakar resistência é a palavra-chave é esse modelo já se mostrou muito resistente e com índice altíssimo de conclusão de provas”, diz Youssef.

Guiga fez sua estreia no Dakar em 2009 e competiu em todas as edições seguintes até 2016, com destaque para dois top-10. Pentacampeão do Sertões, Guiga também possui várias outras conquistas no off-road, como o tetra no Brasileiro de Rally Cross Country, o bicampeonato na Copa Baja Brasil e o título do Dakar Series Peru.

“Não conseguimos em tão pouco tempo ir com a última evolução do carro, que recebeu uma melhora grande de potência e torque do motor e na suspensão. Mas o modelo que vamos é também um carro muito resistente e rápido, um protótipo tubular biturbo diesel 4x4. Isso é fundamental em um rally tão exigente como o Dakar. Por isso, estamos confiantes de que temos plena condição de fazer uma boa prova", completa Guiga.

A 43ª edição da história do Rally Dakar terá sua largada e chegada em Jeddah, na Arábia Saudita.

Leia também...
06.11.2020

Guilherme Spinelli e Youssef Haddad participariam dos dois últimos dias da competição como forma de teste para o Dakar, após uma quebra tirar as chances de um bom resultado em 2020; porém, com o cancelamento de hoje, time optou pelo foco na sede em São Paulo

05.11.2020

Piloto tocantinense disputaria competição com a equipe RMattheis, mas acabou testando positivo após contrair o vírus no final de semana das 24 Horas de Spa, na Bélgica

04.11.2020

Guiga Spinelli e Youssef Haddad sofreram uma quebra na suspensão nesta quarta-feira (4), que impediu o Mitsubishi L200 Triton Sport Racing de seguir na disputa pelo título do Sertões

03.11.2020

Competição continuará nesta quarta-feira (04), quando a caravana do Sertões partirá rumo ao Tocantins; chegada será no dia 7 de novembro em Barreirinhas, no Maranhão