Capa

Cacá Bueno e Jaguar

Cacá Bueno elogia garra da equipe iCarros ACDelco Crown Racing na recuperação do carro em Goiânia

Piloto estava já no top-10 até quebra do câmbio impedir resultado que coroaria trabalho intenso dos mecânicos na recuperação do carro após acidente de ontem

22.11.2020  |  446 visualizações

Com cinco títulos e dezenas de poles e vitórias na Stock Car, talvez um sétimo lugar não fosse tão valioso para Cacá Bueno na prova de hoje, mas ele sabia que este resultado teria um valor especial: a recompensa pelo trabalho intenso dos mecânicos e integrantes da equipe iCarros ACDelco Crown Racing para recuperar seu Chevrolet Cruze para a prova deste domingo após ter sido atingido em “T” na Curva da Vitória na prova do sábado e deixar o carro totalmente torto.

O plano vinha sendo executado com perfeição – Cacá e o time privilegiaram a prova 2. Com mais botões de ultrapassagem e pneus novos na segunda corrida da rodada dupla, o piloto da equipe iCarros ACDelco Crown Racing teria tudo para terminar entre os sete primeiros, mas uma quebra de câmbio nas voltas finais impediu Cacá de conseguir o top-10 no Autódromo Ayrton Senna, em Goiânia.

“A gente sabia que seria muito difícil ser competitivo nesta corrida, porque o trabalho de recuperação do carro, por mais intenso e perfeito que fosse, não tem como corrigir todos os danos sofridos na batida de ontem. A equipe iCarros ACDelco Crown Racing foi muito guerreira e terminou tudo a tempo de alinharmos para o grid. A estratégia de privilegiar a corrida 2 vinha dando certo e a gente iria terminar ali na sétima colocação, mas aí o câmbio começou a falhar e ficou impossível manter o carro na pista”, diz Cacá.

O piloto chegou a abrir a última volta no top-10, em disputa com Ricardo Zonta, mas na última volta o problema nas reduções de marcha foi piorando até provocar o abandono.

“Nas freadas eu já vinha com dificuldades em algumas voltas, mas não conseguia reduzir para segunda marcha e perdia muito tempo. Até que o câmbio travou e provocou a rodada do carro no final. Não tinha o que fazer. Uma pena, queria dar esse resultado a todo time depois do grande esforço para por nosso Chevrolet Cruze na pista. Espero que para etapa final, em São Paulo, a gente consiga encerrar este ano tão difícil com um bom resultado”, diz o pentacampeão da Stock Car, que acabou com a 17ª colocação no final.

A última etapa da Stock Car será no dia 6 de dezembro, em São Paulo, no autódromo de Interlagos, com transmissão ao vivo da TV Globo.

Corrida 2

1 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), em 32min01s334
2 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla) a 1.005
3 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 1.059
4 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 2.865
5 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze) a 3.442
6 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 6.922
7 Pedro Cardoso (R. Mattheis Motorsport/Cruze) a 7.115
8 Gabriel Casagrande (R. Mattheis Motorsport/Cruze) a 8.250
9 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 8.606
10 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 13.753
11 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 14.877
12 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 14.952
13 Lucas Foresti (Vogel Motorsports/Cruze) a 15.036
14 Julio Campos (Crown Racing/Cruze) a 15.222
15 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 15.417
16 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 16.893
17 Cacá Bueno (iCarros ACDelco Crown Racing/Cruze) a 1:04.267
18 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1 Volta
19 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 14 Voltas
20 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 14 Voltas
21 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) a 14 Voltas
22 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 15 Voltas
23 Gaetano di Mauro (KTF Sports/Cruze) a 18 Voltas
24 Felipe Lapenna (Vogel Motorsports/Cruze)
25 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze)

Corrida 1

1 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze) em 31min50s479
2 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze) a 6.117
3 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze) a 7.818
4 Gabriel Casagrande (R. Mattheis Motorsport/Cruze) a 10.596
5 Julio Campos (Crown Racing/Cruze) a 11.634
6 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla) a 14.137
7 Gaetano di Mauro (KTF Sports/Cruze) a 14.306
8 Felipe Lapenna (Vogel Motorsports/Cruze) a 14.596
9 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze) a 19.666
10 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla) a 30.571
11 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla) a 32.151
12 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze) a 45.482
13 Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani/Corolla) a 1:00.743
14 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze) a 1:03.751
15 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla) a 1:26.292
16 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla) a 1 Volta
17 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla) a 1 Volta
18 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze) a 4 Voltas
19 Pedro Cardoso (R. Mattheis Motorsport/Cruze) a 4 Voltas
20 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze) a 10 Voltas
21 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze) a 14 Voltas
22 Lucas Foresti (Vogel Motorsports/Cruze) a 15 Voltas
23 Cacá Bueno (iCarros ACDelco Crown Racing/Cruze) a 15 Voltas
24 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze) a 17 Voltas
25 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla) a 19 Voltas


Leia também...
14.06.2021

Equipe fará sua primeira etapa na pista onde está localizada sua nova sede em Mogi Guaçu (SP); piloto pernambucano está confiante após bom classificatório em Interlagos e primeiros pontos na categoria

05.06.2021

A dupla que compete com um Mercedes AMG estava prestes a triunfar na categoria GT3 do Endurance Brasil, em Curitiba (PR), mas incidente obrigou abandono nas 4 Horas de Curitiba

04.06.2021

Com um Mercedes AMG GT3, dupla de pilotos conquistou a pole position no classificatório desta sexta-feira (04) com o tempo de 1min15s588; corrida com duração de 4 horas terá largada neste sábado (05) a partir das 11h30 (horário de Brasília), com transmissão ao vivo do canal BandSports

01.06.2021

Prova terá quatro horas de duração neste sábado e Cacá acredita na evolução corrida após corrida em sua primeira temporada no campeonato