Capa

WEC: TOYOTA GAZOO Racing faz dobradinha no Bahrein e termina 2023 como campeã de pilotos e equipes

Buemi, Hartley e Hirakawa venceram a última prova da temporada e levaram o carro 8 ao título do Mundial de Endurance

06.11.2023  |  577 visualizações

A TOYOTA GAZOO Racing fechou a emocionante temporada de 2023 do Campeonato Mundial de Endurance da FIA (WEC) com uma dobradinha nas 8 Horas do Bahrein, definindo assim o título de pilotos. A fabricante japonesa tinha conquistado o campeonato de marcas por antecipação.

Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirakawa venceram a corrida decisiva no Bahrein a bordo do GR010 HYBRID número 8 e garantiram o segundo título mundial de pilotos consecutivo. Buemi e Hartley também estabeleceram um novo recorde de quatro títulos de pilotos cada.

“É incrível vencer o Mundial novamente, agradeço todos da equipe. Deu tudo certo e no final conseguimos vencer a corrida e o campeonato, por isso foi uma noite fantástica. Acho que merecemos isso por todo ano que tivemos. Obviamente, não vencer Le Mans foi difícil, mas mostramos a nossa força e ganhamos o campeonato. É sempre especial vencer, mas este título foi conquistado com consistência. Terminamos em alta e esta é a melhor maneira de ganhar um campeonato”, disse Buemi.

O vice-campeonato mundial também ficou com a TOYOTA GAZOO Racing. Mike Conway, Kamui Kobayashi e José María López chegaram em segundo lugar na última prova com GR010 HYBRID número 7. O trio precisou fazer uma boa recuperação após um incidente na primeira curva. Eles precisavam da vitória para disputar o título, mas tiveram que se contentar com o segundo lugar, completando a dobradinha.

“Foi um desempenho incrível, encerrar a temporada dessa forma, fizemos tudo o que podíamos e no final, ficamos com uma dobradinha na última corrida. Obviamente, não havia grandes chances do carro número 7 ganhar o título, mas parabéns a todos pelo carro número 8, eles fizeram um trabalho fantástico. Este ano enfrentamos a concorrência de muitos fabricantes e provamos a força do nosso carro e da nossa equipe. É um momento de orgulho para nós terminarmos a temporada assim”, disse Kobayashi.

A TOYOTA GAZOO Racing confirmou seu pentacampeonato mundial, tanto no Mundial de Pilotos como no Mundial de Construtores, estabelecendo um final perfeito de uma temporada emocionante, com desafios de tirar o fôlego contra Cadillac, Ferrari, Glickenhaus, Peugeot, Porsche e Vanwall.

Na parte final da corrida, Kobayashi e Hartley assumiram seus respectivos carros na última hora restante. Com uma vantagem de 40 segundos na liderança, Hartley guiou o carro 8 com segurança nas voltas finais, enquanto Kobayashi não tinha o segundo lugar ameaçado, mas mesmo assim mostrou um ritmo forte e cravou a volta mais rápida da prova para o carro 7.

A bandeira quadriculada foi dada para Hartley após 249 voltas e ele terminou 47s516 à frente de Kobayashi. A temporada 2023 do FIA WEC foi encerrada com essa disputa, sendo composta por sete etapas, 64 horas de corridas e seis vitórias da TOYOTA GAZOO Racing, sendo quatro delas com dobradinha. Com isso, a TGR alcançou a marca de 45 vitórias desde sua estreia no WEC em 2012.

8 Horas do Bahrain - Corrida
1- #8 TOYOTA GAZOO Racing 249 voltas
2- #7 TOYOTA GAZOO Racing +47.516
3- #50 Ferrari AF Corse (Fuoco/Molina/Nielsen) +1min 36.286
4- #38 Hertz Team Jota (Da Costa/Stevens/Ye) +1min 37.248
5- #6 Porsche Penske (Estre/Lotterer/Vanthoor) +1 volta
6- #51 Ferrari AF Corse (Pier Guidi/Calado/Giovinazzi) +1 volta

 

 

Leia também...
22.07.2024

Finlandês domina oitava etapa, enquanto francês completa 1-2 da fabricante, que agora está apenas um ponto distante do líder do Mundial de Construtores

20.07.2024

Atual campeão vence duas corridas em Interlagos na abertura da quarta etapa do campeonato

19.07.2024

País localizado no norte da Europa sedia uma etapa do Mundial de Rally pela primeira vez em sua história, e fabricante conta com seus quatro pilotos para a disputa deste final de semana

15.07.2024

Fabricante domina final de semana no Autódromo de Interlagos com pole position para Kamui Kobayashi, Nyck de Vries e Mike Conway, e vitória com Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirakawa