Capa

Indy: rodada de Scott Dixon tira chance de Matheus Leist entrar no Q2  em St. Pete

Piloto gaúcho ficou a maior parte do treino classificatório na zona de classificação para o Q2, mas ficou de fora na parte final por ter que desviar da rodada de Scott Dixon em sua frente no circuito de rua de São Petersburgo

08.03.2019  |  829 visualizações

Jovem talento brasileiro na Indy, Matheus Leist ficou a maior parte da tomada de tempos deste sábado na zona de classificação para o Q2 em São Petersburgo, mas uma rodada do atual campeão da categoria, Scott Dixon, logo em sua frente acabou atrapalhando os planos do piloto brasileiro. Leist precisou desacelerar seu carro da AJ Foyt e com isso perdeu a chance de completar aquela que vinha sendo sua melhor volta e assim garantir um bom lugar no grid de largada - em sua estreia, no ano passado, ele largou na segunda fila

"Obviamente não foi o resultado que a gente queria na classificação, mas mesmo assim estou ansioso para a corrida de amanhã. É uma pista que gosto muito e que normalmente tenho boa performance, então vamos trabalhar bastante para subir várias posições e terminar com um bom resultado aqui em St Pete", diz Leist, que fez sua melhor volta em 1min01s157 e, com isso, larga na 11a fila amanhã.

Leist ficou a três décimos de conseguir um lugar entre os 12 pilotos mais rápidos que avançaram ao Q2. O piloto, inclusive, tinha sido o 11º mais rápido entre os 24 carros no último treino livre antes do classificatório e vinha confiante por uma boa posição no grid. Neste domingo, o piloto gaúcho precisará fazer uma corrida de recuperação.

"No ano passado eu larguei na terceira posição aqui em São Petersburgo e foi na corrida que acabei não tendo sorte. Espero que dessa vez, em 2019, seja o contrário. Que o nosso melhor resultado venha na corrida amanhã", diz Leist, que foi campeão da F3 Inglesa em 2016 e faz sua segunda temporada completa com a AJ Foyt na Indy.

A corrida que abre a temporada 2019 da Indy será transmitida ao vivo pela Band, com largada programada para as 14h30 (horário de Brasília).

Grid:

1.  (12) Will Power, Chevrolet, 01:00.4594 (107.179)

2.  (2) Josef Newgarden, Chevrolet, 01:00.5570 (107.007)

3.  (10) Felix Rosenqvist, Honda, 01:00.6884 (106.775)

4.  (9) Scott Dixon, Honda, 01:00.8544 (106.484)

5.  (28) Ryan Hunter-Reay, Honda, 01:01.0784 (106.093)

6.  (27) Alexander Rossi, Honda, 01:01.7739 (104.899)

7.  (60) Jack Harvey, Honda, 01:00.9531 (106.311)

8.  (23) Charlie Kimball, Chevrolet, 01:01.0146 (106.204)

9.  (5) James Hinchcliffe, Honda, 01:01.0185 (106.197)

10.  (15) Graham Rahal, Honda, 01:01.0944 (106.065)

11.  (88) Colton Herta, Honda, 01:01.4182 (105.506)

12.  (81) Ben Hanley, Chevrolet, 01:02.3703 (103.896)

13.  (22) Simon Pagenaud, Chevrolet, 01:04.6298 (100.263)

14.  (26) Zach Veach, Honda, 01:00.9061 (106.393)

15.  (20) Ed Jones, Chevrolet, 01:06.1422 (97.971)

16.  (21) Spencer Pigot, Chevrolet, 01:00.9495 (106.318)

17.  (98) Marco Andretti, Honda, No Time (No Speed)

18.  (7) Marcus Ericsson, Honda, 01:01.1345 (105.996)

19.  (18) Sebastien Bourdais, Honda, No Time (No Speed)

20.  (30) Takuma Sato, Honda, 01:01.1511 (105.967)

21.  (14) Tony Kanaan, Chevrolet, No Time (No Speed)

22.  (4) Matheus Leist, Chevrolet, 01:01.1579 (105.955)

23.  (19) Santino Ferrucci, Honda, No Time (No Speed)

24.  (59) Max Chilton, Chevrolet, 01:01.3785 (105.574)

  • Matheus Leist
    (Action Sports/ RF1)

  • Matheus Leist
    (Chris Jones/RF1)

  • Matheus Leist
    (Action Sports/ RF1)

  • Matheus Leist
    (Action Sports/ RF1)

Leia também...

Entre em contato